Webvocê:
Trabalho coletivo dos alunos do curso Stencil em Base Fotográfica

︎︎︎ ︎︎︎ ︎


Stencil em Base Fotográfica - da gravura à arte pública
professores
Ana Clara Lemos e Julio Castro

Estamos completando 9 meses de crise sanitária provocada pela pandemia do vírus Covid 19. Mesmo conscientes que os procedimentos de prevenção e cuidados necessários não atingiram a todos, por diversas razões, no caso dos cursos da EAV isso foi respeitado e os cursos aconteceram de modo remoto. Dito isto, a mostra de final de semestre na EAV tem, neste segundo semestre de 2020, o desafio de mostrar  as produções realizadas por meio de encontros on line.

O curso Stencil com base fotográfica participa com a apresentação do processo de criação coletiva que culminou com a realização do trabalho WebVocê em um muro do bairro de Santa Teresa. Importante dizer que, durante o curso de 3 meses, cada uma e cada um dos participantes fez, em suas casas, exercícios de criação de outras matrizes de stencil e com isso experimentaram algumas das possibilidades que esta técnica fornece.

O perfil da turma, apenas 5 pessoas envolvidas neste ofício, permitiu um único encontro presencial para fixar a imagem escolhida no muro da casa 266 da Rua do Oriente. Os protocolos quanto ao uso de máscara, distanciamento entre as pessoas e em área ventilada foram respeitados.




WEBVOCÊ | 204 x 92 cm | stencil de 3 camadas | tinta spray sobre muro

O mote foi recriar o ambiente conectado que nos inserimos nos últimos meses, dentro da atual conjuntura de distanciamento. Microfones disponíveis ou não, câmeras abertas e fechadas, “Apresentar agora” e você, que é externo à tela e se insere na vídeo chamada através do espelho central e das escritas “Você” em cada quadrante que forma o painel.

De maneira remota discutimos em grupo qual seria a proposta a ser trabalhada para o painel final. A decisão foi de usarmos a imagem da própria tela de nossos encontros virtuais, um autorretrato coletivo. Na sequência das decisões de como apresentar o trabalho, fizemos pequenas alterações na visualidade da plataforma meet, ou seja, foram feitas inserções como a palavra “você” no lugar dos nomes de cada um. A colocação de um espelho no lugar de um suposto participante da reunião on-line na imagem do painel finalizado significou incorporar o observador ao autorretrato coletivo.

Finalizar com um trabalho coletivo tem sido um dos procedimentos do curso.  Alguns desses painéis podem ser vistos na cidade do Rio de Janeiro, em particular, no bairro de Santa Teresa. Cada turma nomeia seu trabalho e assim um roteiro de arte urbana se institui em parceria com moradores e uma biblioteca de imagens vai crescendo.